Publicado há 4 meses atrás

Animais de estimação podem ajudar no luto?

Animais de estimação são ótimas companhias no dia a dia. Brincam com você no fim de um dia estressante e, à noite, deitam pertinho. Mesmo que você more sozinho, solidão não é uma opção quando se tem um bichinho esperando por você. 

E mesmo quando a situação fica nublada, ainda é possível encontrar esperança de dias melhores olhando seu companheiro. É isso que acontece durante durante o luto: um animal de estimação pode ajudar as pessoas a superarem o luto e atravessarem esse processo doloroso. Mesmo os sintomas de depressão, tão comuns durante o momento da perda, são abrandados com a presença de um bichinho de estimação.

Quer saber como um animal de estimação pode ajudar a passar pelo luto? Esse é o tema do texto de hoje. Confira!

Se preferir, clique direto no tópico:

1 – Como os bichinhos ajudam a passar pelo luto? 

2 – Outras formas de lidar com o luto

3 – No Metropolitano, seu bichinho de estimação pode participar do último adeus com você e sua família

1 – Como os bichinhos ajudam a passar pelo luto? 

Os animais de estimação aumentam nossa sensação de bem-estar. Se a situação for positiva, ela fica ainda melhor, se for um momento de pesar, a presença dos animais deixa tudo mais leve. Por isso, ajuda quem está passando pelo luto, um momento que envolve um turbilhão de pensamentos, emoções e sentimentos difíceis de lidar, como tristeza profunda, dor, solidão e vazio.

Muitas vezes, as pessoas têm dificuldades de fazer suas tarefas diárias mais simples, com um bichinho, não é possível adiar. Você precisa levantar para dar água, comida, limpar o local que ele faz suas necessidades ou levá-lo para passear. Mas não apenas essa responsabilidade mantém você no eixo. Afinal, a convivência com um animal, muitas vezes, resulta em rir das situações que eles criam e essa lembrança, de que a vida ainda pode ser leve, ajuda aos poucos a afastar a tristeza.

Outro ponto positivo é que as pessoas ao redor muitas vezes não sabem lidar com quem está passando por um momento tão triste. Não é à toa que há diversas pesquisas sobre “o que dizer para alguém de luto” e dúvidas relacionadas. Isso acaba criando um bloqueio nas pessoas, que pode ser frustrante para quem está passando pelo luto. Já os animais de estimação não terão nenhum tratamento diferente. Mesmo quando você está triste, seu gato continua passeando entre suas pernas e seu cachorro abana o rabo quando você chega. 

A única forma de lidar com o luto é vivenciado, reprimir o sofrimento não traz bons resultados, nem alivia a dor, como se espera. Por isso, é importante estar em contato com coisas e situações que nos fazem bem. Como nossos animais de estimação, mas também com familiares e amigos.

Pesquisas mostram que animais de estimação ajudam a combater o luto

Qualquer pessoa que já tem um animal de estimação já sabe por experiência própria, mas pesquisadores da Universidade Estadual da Flórida descobriram que a companhia de um bichinho de estimação ajuda a reduzir os sentimentos de depressão e solidão

Na pesquisa, foram avaliadas pessoas de 50 anos ou mais que perderam seu cônjuge e apresentavam sintomas de depressão e solidão. A comparação foi entre pessoas que perderam seu cônjuge e tinham a companhia de um animal de estimação com pessoas que também perderam seu cônjuge, mas não tinham a companhia de um animal.

Se você tem um bichinho não ficará surpreso com o resultado: pessoas sem uma animal de estimação passaram por maiores sintomas depressivos e sentiram mais solidão do que aquelas que tinham um animal.

É importante lembrar que passar por uma depressão é comum depois de perder alguém, ainda mais quando é uma pessoa tão próxima como um cônjuge. Você sente a perda diariamente ao se deparar com todas as ausências daquela pessoa.

Um dado interessante compartilhado na pesquisa é que a solidão persistente está associada à mortalidade prematura e à incapacidade, ou seja, sentir solidão faz mal para a saúde.

A conclusão da pesquisa é simples: a companhia de animais de estimação podem ajudar as pessoas a evitarem as consequências negativas da solidão natural após uma perda.

Isso serve para o momento do luto, mas também para qualquer momento de estresse do dia a dia. Mas, claro, adotar um animal exige responsabilidade. 

Antes de aumentar a família com um bichinho de estimação, pense que o animal terá uma vida longa, entre 10 e 20 ou mais. O que você planeja para sua vida durante esse tempo? Levar um animal para casa é um compromisso vitalício, se desfazer do animal devido aos imprevistos do dia a dia não é uma atitude positiva. Afinal, animais não são objetos. 

Caso não possa ter um animal de estimação, você pode visitar ongs ou aproveitar a companhia dos bichinhos de amigos e familiares quando lhes fizer uma visita. 

2 – Outras formas de lidar com o luto

  • Vivencie o luto: a tristeza é normal e inevitável, não tente fugir dela. O luto precisa ser vivido, então, experimente todas as emoções que vierem à tona. 
  • Procure ajuda profissional: não é uma regra, todo mundo pode superar o luto sem ajuda profissional. Mas o caminho pode ser mais fácil com a orientação de um psicólogo. Assim, você pode falar sobre a pessoa que se foi, compartilhar suas angústias sem a sensação de que está incomodando seus amigos. Além disso, ouvirá palavras que realmente vão te ajudar.
  • Dê tempo ao tempo: a saudade será uma constante, mas você pode se acostumar com ela e tê-la com uma companhia que não dói mais. Deixe o tempo passar sem cobranças e sem pressa. 
  • Redescubra quem é você: quanto mais próxima é a pessoa, mais possível é a “crise de identidade” após sua perda. Uma esposa passa a ser viúva após a morte do cônjuge, então, ela precisa descobrir como atuar nesse novo papel. Mas isso serve para todos os tipos de perda, o que importa é o nível de proximidade que se tem com quem partiu.
  • Volte à rotina: é desolador perceber que o mundo continua o mesmo, quando você sente que perdeu seu próprio eixo. Mas apesar do desconforto, voltar à rotina de forma gradual também é importante.

3 – No Metropolitano, seu bichinho de estimação pode participar do último adeus com você e sua família

O Metropolitano concorda que os animais de estimação tornam nossas vidas mais leves. Quem conhece o Metropolitano, também já conhece os membros especiais da nossa equipe. Nossos animais, os cachorros Frida e Jango, e os gatos Sol, Fubá e Fubango são muito importantes para aliviar as emoções no nosso dia a dia. Então, nada mais justo estendermos esse privilégio aos familiares também. 

Agora, você pode trazer seu bichinho de estimação para fazer companhia durante o velório e homenagens póstumas. Temos comedouros e bebedouros especiais e personalizados para proporcionar conforto para eles. 

A atitude amiga do meio ambiente e dos animais é a essência do Metropolitano. Não é à toa que somos um cemitério vertical, uma opção que não causa impactos negativos no meio ambiente como ocorre em cemitérios com sepultamento no solo. Além disso, também adotamos medidas sustentáveis por aqui, como o granito ecológico. 

Quer saber como seu bichinho pode lhe fazer companhia durante velórios e homenagens póstumas? Fale com a gente:

Mande mensagem através do WhatsApp, pelo telefone (13) 3467-4864 | (13) 9966-14644 ou mande uma mensagem aqui mesmo no site. Estamos prontos para melhor atender você e tirar suas dúvidas!

Saiba mais sobre o Cemitério Vertical Metropolitano em São Vicente

Aqui no Cemitério Metropolitano, o cerimonial de cremação  e o cerimonial de sepultamento podem ser realizados na Sala Roma, nosso ambiente projetado para uma experiência sensorial para realizar cerimônias de velório e homenagens póstumas. Além da Sala Roma, ainda oferecemos mais quatro opções de salas para velório. 

Também há a opção de escolher pelo velório online, em que é possível aproximar familiares e amigos que estejam longe e não consigam chegar a tempo da despedida.

Além disso, possuímos planos de pagamento acessíveis. Nós sempre incentivamos as pessoas a se planejarem para o momento da despedida que, afinal, é inevitável, mas pode ocorrer de maneira mais tranquila para os familiares.

Com planejamento, é possível facilitar a burocracia, passando com mais calma pelo momento do luto, assim como diminuir o valor das despesas e ainda respeitar os desejos de quem se foi.


O Cemitério Metropolitano é um cemitério vertical localizado em São Vicente/SP. Utilizando técnicas modernas para a minimização de impactos ambientais, com suas instalações e lóculos. Possui crematório, salas para velório, ossuários e realiza cerimonial de cremação, homenagem póstuma e cerimônias religiosas para quem deseja prestar celebrar a memória de um ente querido.

Categoria: Curiosidades

Acompanhe no Instagram!

WhatsApp
WhatsApp