Publicado há 3 meses atrás

Por que rezar para os mortos? Entenda o significado do Dia de Finados

Dia de Finados, Dia dos Mortos e Dia dos Fiéis Defuntos são algumas formas de se referir a essa celebração feita pela Igreja Católica e seus seguidores aqui no Brasil. Desde muito tempo há um significado do Dia de Finados para os cristãos. Todo dia 2 de novembro os católicos rezam pelos seus familiares falecidos e visitando seus túmulos.

Mas você já parou para pensar como surgiu o Dia de Finados? E quais os motivos levam familiares a demonstrarem seu amor e respeito àqueles que já foram? Com o Dia de Finados chegando, trouxemos o esclarecimento dessas dúvidas no texto de hoje. Além disso, confira também nossa programação para o Dia de Finados 2021.

Se preferir, clique direto no tópico:

1 – Como surgiu o Dia de finados e o hábito de rezar pelos mortos?

2 – Qual a intenção de rezar pelos mortos?

3 – O que fazer no Dia de Finados?

3.1 Dúvidas frequentes sobre o Dia de finados

4 – Conheça o Dia de Finados em outros países

5 – Programação para o Dia de Finados no Cemitério Vertical Metropolitano – com fotos do evento!

1 – Como surgiu o Dia de finados e o hábito de rezar pelos mortos?

Desde o século II temos registros de fiéis católicos homenageando seus familiares falecidos. Foram encontradas tumbas com escritos de orações para aqueles que estavam enterrados.

Assim foi como surgiu o Dia de Finados, pois a partir disso a data foi tomando uma forma mais consistente até ganhar um dia específico que seria celebrado todo o ano. No século V, a Igreja separou um dia para orar por aqueles mortos por quem ninguém mais rezava no restante do ano. Já no século XI, foi escolhido um dia para os fiéis rezarem por todos os mortos.

Mas foi dois séculos depois, no XIII, que foi estabelecido um dia oficial, o dia 2 de novembro, logo após o Dia de Todos os Santos. As duas celebrações visam homenagear aqueles que não foram lembrados no restante do ano.

2 – Qual a intenção de rezar pelos mortos?

O Dia de Finados para os cristãos é uma data para rezar por quem já morreu. Nessa oração, o pedido é que as almas que estão no purgatório aflitas, esperando o momento de entrar para o Reino dos Céus, tenham consolo e seu tempo no purgatório possa ser reduzido.

Por isso, rezar pelos mortos é uma demonstração de amor e afeto, uma vez que através das orações os fiéis acreditam que o sofrimento daqueles que se foram pode ser diminuído.

3 – O que fazer no Dia de Finados?

Segundo a tradição católica, a atividade sobre o Dia de Finados não se resume apenas em rezar durante a data. A Igreja propõe que sejam realizadas indulgências como: realizar a confissão sacramental, comungar e rezar na intenção do santo pontífice.

Outra parte da tradição fala que, no caso de a alma para quem a oração é destinada não estiver mais no purgatório, as indulgências serão em prol de quem a realiza.

As visitas ao cemitério no Dia de Finados também carregam algumas tradições. Acender velas próximas aos túmulos ilumina o caminho dos mortos, já a coroa de flores representa a vitória da vida sobre a morte.

3.1 – Dúvidas frequentes sobre o Dia de finados

  • O que representa o Dia de Finados?

O Dia de Finados para os cristãos representa o momento de rezar e homenagear entes queridos que faleceram. Ao rezar, os familiares acreditam que o tempo de alguém no purgatório diminui, diminuindo seu sofrimento.

  • Porque o Dia de Finados é comemorado no dia 2 de novembro?

Conforme o hábito de rezar pelos mortos foi sendo aderido por mais fiéis, a Igreja Católica decidiu estabelecer um dia oficial. Isso aconteceu no século XIII, logo após o Dia de Todos os Santos, já que também é uma data que tem o objetivo de lembrar daqueles que não foram lembrados nos demais dias do ano.

  • Pode comer carne no dia de Finados?

Algumas pessoas deixam de comer carne e beber álcool neste dia como uma forma de demonstrar respeito àqueles que se foram.

  • Como é celebrado o Dia de Finados?

A Igreja Católica incentiva os fiéis a realizar a confissão sacramental, comungar e rezar na intenção do santo pontífice. Além de rezar por seus entes queridos e, como é o mais comum no Brasil, ir ao cemitério levar flores e acender velas como forma de prestar homenagens póstumas.

4 – Conheça o Dia de Finados em outros países

Culturas de diferentes lugares e origens têm sua própria maneira de celebrar e honrar seus mortos. Cada cultura começou essa tradição por um motivo, com diferentes intenções e rituais, algumas sendo bastante festivas.

Brasil

Em nosso país, apesar de todos os rituais que a Igreja Católica propõe, a maior tradição é ir ao cemitério visitar os túmulos, rezar pelos mortos, levar flores e acender velas. É bastante comum também realizar missas. Os cemitérios tratam essa celebração como um dia especial, fazendo uma programação diferente para quem vai visitar seus parentes. Os cemitérios celebram missas e até funcionam em um horário diferenciado.

México

A tradição de Dia dos Mortos no México é, talvez, a maios conhecida mundialmente. Nessa data, as pessoas realizam grandes festas para homenagear a todos que já morreram, fazendo um tributo às origens de suas famílias.

A celebração dura três dias: de 31 de outubro à 2 de novembro. Para a festa, as pessoas usam roupas coloridas com temas de caveiras e até pintam seu rosto, também faz parte preparar um altar para seus familiares e preparar as comidas e bebidas preferidas de quem já se foi.

Diferentemente do Brasil, a cultura do Dia dos Mortos tem origem indígena, provavelmente tendo começado pelo povo asteca. Para os mexicanos, essa é uma data alegre que tem o objetivo de celebrar as origens de cada família através de seus antepassados. Eles acreditam que, dessa forma, a história e o legado de quem já morreu nunca serão esquecidos, sendo reforçada através de amigos e parentes que ainda estão vivos.

Japão

A comemoração referente aos mortos, no Japão, pode acontecer no dia 15 de agosto ou de julho, dependendo da religião. Lá, as pessoas também fazem festa que incluem dança e comida, com o objetivo de homenagear seus ancestrais.

Também é comum que as pessoas voltem para o local onde as pessoas viveram e, ao visitar seus túmulos, faz parte da tradição que as famílias limpem as lápides dos falecidos.

Guatemala

Assim como o México, a origem do dia tem referência indígena. Os guatemalenses soltam pipas gigantes no ar, próximo aos túmulos, e preparam pratos típicos que só são consumidos nessa data.

5 – Programação para o Dia de Finados 2021 no Cemitério Vertical Metropolitano – com fotos do evento!

A pandemia ainda não acabou e Equipe Metropolitano respeita a escolha. Se preferir, fique em casa e acesse nosso evento online ao longo de todo o dia conferindo nossa lives no Facebook. Se preferir nos visitar, você encontrará um ambiente seguro e agradável para homenagear seu ente querido. São 300 lugares distribuídos em diferentes, ambientes onde será possível acompanhar ao vivo pelos telões estrategicamente posicionados para maior conforto de todos. É necessário o uso de máscaras e o Metropolitano disponibilizará álcool gel para todos. Confira a programação:

  • transmissão de missas;
  • culto da Igreja Presbiteriana;
  • tradicional live de Poesia, Voz e Violão nos telões

Além disso, os nossos vídeos podem ser acessados a qualquer momento e também serão transmitidos nos intervalos da nossa programação durante o In Memorian 2021.

Nos vídeos, os convidados abaixo falarão sobre o luto e a saudade de acordo com o ponto de vista de cada religião e também com uma abordagem psicológica.

Convidados:

  • Psicóloga Geovana Simões;
  • Pai Alysson de Odé;
  • Budista Kadam Milo;
  • A Historiadora Marisa Henrique Carvalho também falará sobre a história dos cemitérios no Brasil.

Não perca a hora, confira a programação presencial:

  • Abertura do evento: 8h
  • Culto da Igreja Presbiteriana: 8h30
  • Missa às 10h

Toda a programação ao vivo será transmitida pelo Facebook!

Entre 11h e 14h30, teremos a transmissão dos vídeos:

  • Missa às 16h
  • Poesia Voz e Violão: 17h30
  • Encerramento: 18h

Você também pode conferir esses vídeos no nosso Canal do Youtube

Saiba mais sobre o Dia de Finados

Você também pode conferir nossa programação do Dia de Finados 2020. São 8 vídeos organizados em uma playlist, em nosso canal do Youtube. Clique em “assistir no Youtube” para ver a playlist completa. E aproveite para se inscrever e não perder as novidades.

Conheça o Cemitério Vertical Metropolitano

Quem possui jazigo perpétuo, no Cemitério Metropolitano, proporciona tranquilidade para toda sua família. Após o falecimento de um ente, os familiares terão total assistência funerária, incluindo translado e sepultamento.

A cobertura de todo serviço funerário em todo território nacional é um benefício incluso na aquisição do jazigo perpétuo, assim como para o companheiro(a) e filhos(as) solteiros e menores de 21 anos. Com a aquisição do jazigo perpétuo, o contratante tem direito a todo serviço funerário, abrangendo todo procedimento relacionado ao luto. Ou seja, simplifica o processo burocrático e dispensa a necessidade de qualquer despesa extra, pois inclui translado, urna funerária, preparação de corpo, ornamentação de urna, entre outros.

Cemitério Vertical Metropolitano conta com excelente infraestrutura e toda a assistência que a sua família precisará na hora do adeus. Somos a melhor escolha para você oferecer uma despedida honrosa e tranquila para quem partiu.

Entre em contato e esclareça suas dúvidas

Mande mensagem através do WhatsApp, pelo telefone (13) 3048-4257 | (13) 981886139 ou preencha o formulário aqui mesmo no site. Estamos prontos para melhor atender você e tirar suas dúvidas!


O Cemitério Metropolitano é um cemitério vertical localizado em São Vicente/SP, que oferece assistência e plano funerário. Utilizando técnicas modernas para a minimização de impactos ambientais, com suas instalações e lóculos. Possui crematório, salas para velório, ossuários e realiza cerimonial de cremação, para quem deseja prestar sua última homenagem.

Categoria: Curiosidades

Acompanhe no Instagram!

WhatsApp
WhatsApp