Publicado há 2 meses atrás

Vida após a morte? Saiba a crença de cada religião

O que acontece após a morte é um mistério para todos, sendo uma das maiores questões da humanidade desde o início dos tempos. Apesar disso, as religiões e até a ciência têm suas próprias teorias sobre o que acontece depois que alguém morre.

Paraíso, inferno, purgatório, reencarnação… As teorias são muitas e, às vezes, chegam a ser parecidas entre a religiões.

Para você, o que acontece depois da morte? No texto de hoje vamos trazer o ponto de vista que algumas religiões a ciência têm sobre a morte. Acompanhe e confira.

Clique direto no tópico:

O que a ciência tem a dizer sobre a morte?
Qual a visão da religião sobre a morte?
Catolicismo
Evangélicos
Adventistas
Judaísmo
Islamismo
Espiritismo
Umbanda
Candomblé
Budismo
Hinduísmo

O que a ciência tem a dizer sobre a morte?

A ciência não tem uma resposta definitiva para o que acontece depois da morte. Afinal, para indicar algo como certo, a ciência precisa seguir metodologias que não é possível aplicar quando o assunto é a morte.

Por isso, o que temos são apenas teorias científicas que permeiam essa questão. Para essas teorias, os cientistas estudam relatos de pessoas que tiveram morte clínica, mas foram “ressuscitadas” com o uso de aparelhos ou voltaram sozinhas.

Os relatos dessas pessoas acabam sendo semelhantes e se tornaram até conhecimento popular. Quem aí nunca ouviu falar sobre “um túnel com uma luz branca no final”? Esse é um dos principais relatos das pessoas que tiveram morte clínica e sobreviveram. Outros testemunhos envolvem:

  • A imagem de Deus;
  • Reencontrar parentes que já morreram;
  • Sensação de estar fora do corpo ou de leveza.

Mesmo com esses relatos, a ciência não defende a existência de uma experiência astral ou de um mundo espiritual após a morte. Os médicos costumam explicar esses relatos como sensações causadas por falta de oxigenação no cérebro, que provoca alucinações visuais e sensoriais.

Outro fator biológico é a morte dos neurônios e a perda de capacidade de reter carga elétrica. Isso acaba causando uma descarga anormal que também pode causar alucinações.

Controvérsia:

Apesar dessas explicações cientificas, alguns relatos acabam contradizendo-as e deixando médicos e cientistas sem resposta.

São pacientes que passaram pela morte clínica e voltam contando fatos que não tinha como eles saberem.

Os mais comuns são pacientes que contam sobre o que estava acontecendo em outros locais do hospital enquanto ele “estava morto”. Também é comum o encontro com parentes que acabam falecendo logo depois. Para esses relatos, os médicos não têm explicação.

Além disso, a teorias de “falta de oxigenação” e “morte dos neurônios” acabam ficando descredibilizadas. Pois isso, a ciência acaba não tendo nenhuma resposta definitiva sobre o que acontece depois da morte.

Qual a visão da religião sobre a morte?

As religiões enxergam que os seres humanos são mais que um corpo físico, então, experiências espirituais, recompensas e descanso eterno vão aparecer entre as crenças de várias religiões.

Confira a visão que algumas as religiões têm sobre a morte.

Catolicismo

Aqui no Brasil, a crença católica acaba sendo a mais conhecida entre a população, mesmo entre aqueles que não tem fé ou praticam outra religião.

Para os católicos, a morte é um assunto definido: a pessoa pode ir para o céu ou para o inferno, ou passar algum tempo no purgatório também. O destino é definido pelo que cada pessoa fez durante a vida.

Outra certeza entre os católicos é que a morte única e dura para sempre. Por isso, não acreditam em reencarnação. A crença católica é que após o juízo final, Deus escolherá aqueles que viveram os ensinamentos de Jesus para serem ressuscitados e viverem a vida eterna no céu. Os demais irão para o inferno.

Mas, antes disso, as algumas pessoa podem passar algum tempo no purgatório para remissão dos seus pecados e, então, irem para o céu.

Evangélicos

A crença dos evangélicos é parecida com o catolicismo.

A diferença é que os evangélicos não creem na existência de um purgatório. Para eles, as pessoas ficam adormecidas até o momento do juízo final, em que cada um é julgado e tem seu destino decidido por Deus: céu ou inferno.

Adventistas

Os adventistas do sétimo dia têm uma crença diferente. Para eles, os mortos adormecem até o dia da ressurreição, que é um benefício dado apenas para aqueles que cumpriram seu papel na Terra. Esses viverão a graça da vida eterna enquanto os outros simplesmente desaparecerão.

Judaísmo

Dentro do judaísmo existem diferentes vertentes de crenças, por isso, há diversas formas de interpretar o que acontece depois da morte.

De modo geral, judeus acreditam que a alma permanece viva após a morte física. Alguns acreditam na reencarnação, ou seja, quando a alma volta para viver em um novo corpo; e outros acreditam na ressurreição, que é o retorno da alma ao mesmo corpo.

Islamismo

A crença do islamismo também é semelhante à de evangélicos e católicos. Eles acreditam que essa vida é uma forma de se preparar para a vida eterna, benefício concedido àqueles que foram obedientes e seguiram os ensinamentos de Alá, serão enviados ao Paraíso. Já os desobedientes irão ser castigados no inferno.

No Islamismo, após a morte, a alma fica guardada esperando pelo juízo final.

Espiritismo

Para os crentes do espiritismo, a morte não é o fim. Os espíritas creem que mesmo após a morte do corpo físico o espírito permanece vivo em um novo plano astral ou, então, reencarnado em um novo corpo.

No espiritismo, as reencarnações são uma nova oportunidade de melhorar e evoluir seu espírito. Os praticantes da caridade, amor e o bem evoluem mais rápido e passam por menos reencarnações, a não ser que queiram.

A religião também acredita em Deus, mas não como uma entidade que vai julgar se as pessoas são boas ou más. Para eles, Deus fez criou os espíritos sem discernimento do que é bom ou mau e, durante a vida, isso é aprendido.

Umbanda

Na umbanda, acredita-se na reencarnação que pode acontecer em sete locais diferentes, regidos pelos orixás. Após a morte, o espírito é atraído para um desses mundos.

A umbanda se assemelha do espiritismo, pois acreditam que a reencarnação é uma forma de evoluir. Aqueles que aprenderam durante a vida, não precisam reencarnar, podem escolher evoluir para outro plano, onde lidarão com suas memórias e receberão auxílio de outros espíritos mais evoluídos. Já as pessoas que não aprenderam durante a vida, têm a chance de reencarnar.

Outra opção dos espíritos evoluídos é se tornarem protetores dos menos evoluídos na Terra. Já os maus espíritos, também podem continuar presos nesse plano para perturbar os vivos.

Candomblé

Para o candomblé, as almas precisam cumprir seu destino. Caso a pessoa morra entes disso, sua alma vagará entre o céu e a terra até se tornarem seres eternos e conscientes.

Então, os crentes dessa religião enxergam a morte como uma passagem para outra dimensão, onde estão outros espíritos, guias e orixás.

Budismo

Os budistas também acreditam na reencarnação, seja como humano ou como a animal. Além disso, acredita-se em diferentes mundos também. A forma como cada um reencarna depende da sua conduta em vida, bem como do seu carma.

Hinduísmo

No hinduísmo, a morte é uma passagem para uma nova dimensão. Dependendo da evolução que teve, a alma poderá passar por um período no loka, o que seria o paraíso para os hindus. Após esse período, a alma reencarnará.

Mas antes da reencarnação, a alma conhecerá seu destino para saber quais desafios terá que superar. Então, o nascimento é o início de uma missão que precisa ser concluída, que também ajudará a pagar as dívidas das vidas anteriores.

É daí que surgem as castas, pois as almas mais evoluídas reencarnam nas castas mais altas. Até que a alma evolua a ponto de não precisar mais reencarnar.

 

Já conhece o Cemitério Vertical Metropolitano?

Somos a melhor opção para você oferecer uma despedida tranquila para quem partiu. Possuímos a melhor infraestrutura com o melhor preço da região, com conforto e e segurança.

Aqui no Cemitério Metropolitano, o cerimonial de cremação  e o cerimonial de sepultamento são realizados no Salão Roma. Ainda há a opção de escolher pelo velório online, em que é possível aproximar familiares e amigos que estejam longe e não consigam chegar a tempo da despedida. Nossas salas de velório também possuem a opção de velório online.

Além disso, possuímos planos de pagamento acessíveis, sempre incentivamos as pessoas a se planejarem para o momento da despedida que, afinal, é inevitável, mas pode ocorrer de maneira mais tranquila para os familiares.

Com planejamento, é possível facilitar a burocracia, passando com mais calma pelo momento do luto, assim como diminuir o valor das despesas e ainda respeitar os desejos de quem se foi.

Fale com a gente e saiba mais:

Mande mensagem através do WhatsApp, pelo telefone (13) 3467-4864 | (13) 9966-14644 ou mande uma mensagem aqui mesmo no site. Estamos prontos para melhor atender você e tirar suas dúvidas!


O Cemitério Metropolitano é um cemitério vertical localizado em São Vicente/SP, que oferece assistência e plano funerário. Utilizando técnicas modernas para a minimização de impactos ambientais, com suas instalações e lóculos. Possui crematório, salas para velório, ossuários e realiza cerimonial de cremação, para quem deseja prestar sua última homenagem.

Categoria: Curiosidades

Acompanhe no Instagram!

WhatsApp