Publicado há 2 meses atrás

Cremação: valor e curiosidades para quem quer ser cremado

Vários motivos estão levando cada vez mais pessoas a optarem pela cremação. Valor, no entanto, pode ser um ponto que afasta muitos dessa opção, já que ainda existe uma ideia de que o serviço de cremação é mais caro que o sepultamento. Mas isso depende muito do crematório escolhido, da forma de pagamento e da antecedência com que o serviço é adquirido.

Você já ouviu falar de cremação preventiva? Ainda é comum evitarmos pensar na morte, apesar de ser a única certeza da vida. Parece mórbido falar desse assunto doloroso com antecedência, mas, acredite, é necessário e, sem dúvidas fará bem às finanças da família se prevenir. Afinal, além de uma certeza, a morte também é imprevisível. Por isso, o melhor é se preparar financeiramente para esse momento.

No texto de hoje, vamos falar tudo sobre cremação: valor, como economizar, como funciona o cerimonial, as maiores curiosidades, os famosos brasileiros que optaram pela cremação, e como o Metropolitano oferece esse serviço. Confira!

Se preferir, clique direto no tópico:

1 – Como funciona o cerimonial de cremação?
2 – Cremação: valor
3 – Ninguém deve abrir mão da despedida. Conheça a cremação online
4 – Quero ser cremado; como autorizar?
5 – As melhores curiosidades sobre cremação
6 – Cremação: prática sustentável e favorável ao meio ambiente
7 – Brasileiros famosos que foram cremados
8 – Quando optar pela cremação?

1 – Como funciona o cerimonial de cremação?

A cremação consiste em reduzir um corpo a cinzas através da queima do cadáver. Isso é feito em um forno crematório, que foi desenvolvido para esse fim. A cremação pode ser usada também para corpos semi-intactos (quando não pode ser exumado ainda) ou despojos (ao invés de utilizar um ossuário).

Longe de ser uma a preferência da cultura brasileira, mas cada vez mais adepta entre os brasileiros, a cremação tem ficado longe dos tabus de épocas passadas.

A prática já era comum antes de Cristo, por gregos e romanos. Naquela época, a cerimônia era símbolo de nobreza. Por outro lado, a Igreja Católica via a cremação como um tabu até meados dos anos 60, o que com certeza influenciou a cultura brasileira de não aderir à prática. Mas nos anos 60, a proibição foi abolida e católicos têm a benção para cremar seus familiares.

Essa baixa procura também influenciava no valor da cremação, uma ideia que ecoa até hoje. Mas, com o aumento da procura, o preço também abaixa e o serviço de cremação se tornou muito mais acessível.

1.1 A cerimônia:

Assim como antes do sepultamento, antes da cremação os familiares também têm a oportunidade de se despedirem durante o velório. Após o tempo estipulado, o caixão é fechado e levado para o forno crematório. Os familiares só estão presentes durante a cerimônia e não assistem à cremação.

Após cremado, as cinzas são colocadas na urna escolhida pela família. No Metropolitano, há opções de urnas comuns, como também urnas sustentáveis.

Um dos tipos de urna sustentável é aquela em que você coloca as cinzas da cremação e pode plantá-la posteriormente. Isso porque a urna é biodegradável e dividida em duas partes.

  • Na primeira, ficam as sementes que irão germinar;
  • Embaixo, as cinzas do corpo são colocadas.

Então, é possível plantar toda a estrutura, pois ela é biodegradável e irá se decompor. Com isso, as raízes atingirão a parte inferior da urna, utilizando as cinzas como uma espécie de adubo. Ou seja, é como transformar as cinzas em uma planta. Assim, poderá acompanhar as cinzas se transformando em uma planta bonita que você poderá manter em casa.

A semente que acompanha o produto pode ser Mirabilis, Zinnia Gigante ou outra com plantio similar, conforme disponibilidade. Mas é possível plantar qualquer tipo de arbusto ou árvore.

Há também outro tipo de ura, que também oferecemos aqui. São as urnas que podem ser colocadas no mar, rio ou água corrente, pois se desfazem de modo que não poluem, justamente por serem biodegradáveis.

1.2 Onde acontece a cerimônia de cremação

No Cemitério Metropolitano, o Salão Roma é a sala especial destinada para a cerimônia de cremação.

A família terá uma infraestrutura sofisticada, ampla e acolhedora, com cadeiras confortáveis para assistir ao cerimonial personalizado, que conta com vídeo de consagração e músicas ambiente selecionadas pela família, tudo conduzido por um cerimonialista experiente que, assim como a família, quer oferecer uma homenagem especial para a pessoa que se foi.

O que tem na cerimônia de cremação:

  • Cerimônia personalizada;
  • Vídeo de consagração;
  • Música ambiente selecionada pela família;
  • Ambiente acolhedor e bem decorado;
  • Cerimonialista experiente.

1.3 Como ocorre o processo de cremação do corpo

O processo de cremação ocorre depois do cerimonial com toda a família, amigos e demais convidados, como explicado nos tópicos anteriores, segundo experiência oferecida aqui no Metropolitano.

Então, ao invés de o caixão ser levado ao jazigo, ele é levado a uma sala refrigerada. No Metropolitano, a saída do caixão ocorre de forma automática e vertical, ai invés de o caixão descer por um elevador.

O caixão é colocado inteiro dentro do forno, exceto pelas alças de metal, que são retiradas. Então, sobre uma bandeja para que não tenha contato direto com o fogo, o caixão é submetido a uma temperatura de 1200ºC. Esse calor faz com que tudo se transforme, evaporando ou volatilizando, ou seja, passam do estado sólido para o gasoso.

O processo dura até duas horas. Ao final, restam as partículas inorgânicas, como óxidos de cálcio que formam os ossos e resistem ao calor. Então, essas partículas são colocadas em um moinho para serem trituradas. A média é que uma pessoa com 70 quilos resulte em menos de um quilo de pó.

Após esse processo, as cinzas são finalmente colocadas na urna escolhida e entregue à família.

1.4 O que fazer com as cinzas

Hoje em dia existem diversas ideias sobre o que fazer com as cinzas e a escolha dependerá da vontade do falecido, se ele tiver deixado alguma orientação, ou da preferência dos familiares. Confira as principais opções:

  • Espargir as cinzas no mar, costume comum de vermos nos filmes, que tem a ver com liberdade e pode simbolizar o amor que a pessoa tinha pelo mar e pela natureza.
  • Manter as cinzas em um ossuário, em um cemitério, também.
  • Urna hidrossolúvel para ser lançada ao mar ao invés de espargir as cinzas. Essa urna vai afundar e acabar se dissolvendo de maneira ecológica, sem prejudicar o meio ambiente.
  • Urna ecológica também é uma boa opção, ela vem com uma muda de planta, onde dá para enterrar as cinzas, que acabam fazendo parte da planta que crescerá.
  • Muitas pessoas preferem o método tradicional mantendo as cinzas em casa dentro de uma urna comum.
  • Tem também aquelas opções menos acessíveis, por exempplo, transformar as cinzas em objetos, como diamantes e joias, e até mandar as cinzas para o espaço!

2 – Cremação: valor

A cremação tem valor variável, pode custar até 20 mil reais! Mas, claro, existem opções muito mais acessíveis. No Metropolitano, é possível ter economia com aquisição preventiva da cremação. Valor é a partir de R$6.000. Mas para pronta utilização, quando a aquisição é feita no momento do óbito, o valor é a partir de R$7.150.

O que está incluso

O valor contempla o cerimonial no Salão Roma e a urna para as cinzas.

Cremação de despojos

A cremação de ossos, feita após a exumação do corpo sepultado tem o valor de R$1.500.

Mas quando a cremação é feito em um corpo semi-intacto, ou seja, quando a exumação é feita em seu tempo mínimo e o corpo não se encontra completamente decomposto, o valor é R$3.500,00.

O que está incluso

Para a cremação de despojos, apenas a urna está inclusa no serviço.

A forma de pagamento também influencia o preço, escolher entre parcelas, à vista, cartão de crédito ou boleto faz toda a diferença.

É importante lembrar que a cremação possui um valor fixo, sem pagamento de taxas vitalícias, como as do jazigo.

3 – Ninguém deve abrir mão da despedida. Conheça a cremação online

A ideia de velório online se popularizou ainda mais devido à pandemia da covid-19, mas a verdade é que esse serviço já existe há algum tempo para aproximar familiares e amigos que estão longe por algum motivo.

Acompanhar o velório pela internet oferece a oportunidade para as pessoas estarem presentes na homenagem e despedida de uma pessoa querida, bem como oferecer apoio e conforto aos demais familiares e amigos durante esse momento doloroso.

Como funciona o velório virtual?

O velório virtual tem o poder de “trazer”, de alguma forma, os parentes e amigos que por qualquer motivo não poderiam estar presentes. Isso é possível com uma estrutura especial no cemitério, ou seja, a instalação de câmeras nas salas de velório para que a cerimônia de cremação possa ser transmitida online. Assim, todos que possuírem a senha — disponibilizada pelos familiares — poderão acompanhar a cerimônia de onde estiverem.

A cremação online é segura?

Muitos ficam preocupados com a privacidade do velório online, mas o serviço é totalmente seguro e privativo. Apenas pessoas com o acesso podem visualizar a cerimônia e esse acesso é disponibilizada pelo cemitério apenas para a família, ela quem decide quem convidar para a cerimônia de cremação online.

Além disso, contar com o velório virtual é sinônimo de praticidade para todos. Muitas vezes, o problema não é somente a distância, mas o tempo para percorrê-la acaba sendo inviável, ou seja, o familiar ou amigo não chegaria a tempo do cerimonial de cremação.

 4 – Quero ser cremado; como autorizar?

A cremação é um procedimento regulamentado no Brasil pela lei 6.015/73, que estabelece alguns critérios para que seja autorizado. Falamos sobre eles a seguir, confira.

Se você gostaria de ser cremado, avise para os seus familiares e providencie uma Declaração de Vontade assinada e reconhecida em cartório.

Caso a vontade não seja comunicada, a decisão deve partir dos familiares e ser autorizada pelos parentes de primeiro grau (cônjuges, pais, filhos, avós, irmãos e netos).

Apesar de a Declaração de Vontade não ser uma obrigatoriedade, pode facilitar a burocracia para os familiares e garantir que sua vontade será atendida.

A cremação exige alguns documentos a mais, como o atestado de óbito assinado por dois médicos. E, em caso de morte violenta, é preciso de permissão judiciária e do boletim de ocorrência para garantir que o caso foi resolvido e não precisarão de uma nova autópsia.

4.1 – Como providenciar sua Declaração de Vontade?

É um processo bastante simples. Basta ir até o cartório com seus documentos de identificação, como RG, CPF, CNH e comprovante de residência.

Então, você informa ao tabelião que gostaria de fazer uma Declaração de Vontade para registrar o desejo de ser cremado. É necessário, também, a assinatura de três testemunhas. No documento, você pode incluir o desejo de contribuir para a doação de órgãos.

Após autentificarão do documento, sua vontade será seguida independentemente da decisão da sua família. É importante confiá-lo a alguém de segurança, como o advogado responsável pelo testamento.

4. 2 – Quem pode autorizar a cremação?

Dependendo da disponibilidade de parentes do falecido, é determinado uma pessoa para autorizar a cremação.

Solteiro menor:

Pai ou mãe, se falecidos, os irmãos maiores de 18 anos podem autorizar; se forem menores, falecidos ou inexistentes, a autorização fica a cargo dos avós

Solteiro:

Pai ou mãe, se falecidos, os filhos maiores de 18 anos, se menores, falecidos ou inexistentes, os irmãos, se menores, falecidos ou inexistentes, os avós, se falecidos, os sobrinhos.

Casado:

Esposa, se falecida, os filhos maiores de 18 anos, se menores, falecidos ou inexistentes, os pais, se falecidos, os irmãos, se menores, falecidos ou inexistentes, os avós, se falecidos, os sobrinhos.

Viúvo:

Filhos maiores de 18 anos, se menores, falecidos ou inexistentes, os pais, se falecidos, os avós, se falecidos, os irmãos, se menores, falecidos ou inexistentes, os sobrinhos.

Divorciado:

Filhos maiores de 18 anos, se menores, falecidos ou inexistentes, os pais, se falecidos, os irmãos, se menores, falecidos ou inexistentes, os avós, se falecidos, os sobrinhos.

União estável:

Companheira, com documento devidamente Registrado em Cartório, os filhos maiores de 18 anos, se forem menores, falecidos ou inexistentes, os pais, se falecidos, os irmãos, se menores, falecidos ou inexistentes, os avós, se falecidos, os sobrinhos.

5 – As melhores curiosidades sobre cremação

Curiosidades sobre a cremação dentro e fora do Brasil

5.1 – Países com alto índice de cremação

O Japão é o país com mais adeptos da cremação, em torno de 99,9% dos falecidos tem seus corpos cremados e não sepultados. Isso é significa quase toda a população.

Já nos Estados Unidos, a média de cremação é de 37%. Na Califórnia, especificamente, essa média pode chegar 80%. Lugares como Inglaterra, Hong Kong, Índia e Canadá também têm números expressivos de cremados.

Em 2018, a Globo Época publicou sobre o crescimento do mercado de cremação em todo mundo.

Nos Estados Unidos, são mais de 2.100 crematórios. Em estados como a Califórnia, entre 60% e 80% dos mortos são queimados. No Canadá, desde o começo da década passada, a maioria dos mortos é cremada. Na Inglaterra, de cada dez mortos, sete são cremados — ashes to ashes, como cantou, citando uma passagem bíblica, David Bowie, que em 2016 deixou tantos de nós de luto. Suas cinzas foram espalhadas na Ilha de Bali, na Indonésia. – Globo Época

5.2 – Pouco espaço é principal motivo

Países com pouca extensão de terra acabam tendo a cremação como única alternativa, como é o caso da Inglaterra, Hong Kong e Japão – esse último, também sendo influenciado pela religião, .

Diferentemente do Brasil, que possui território extenso. Mas essa “sobra” de espaço está mudando em alguns lugares por aqui, principalmente metrópoles.

Sem crematório e sem espaço para o seus mortos, moradores da Grécia precisam procurar por cremação fora do país ou alugar túmulos, tendo que enterrar seus entes mais de uma vez.

George Vlassis voou quase 500km, de Atenas para a ilha de Corfu, na Grécia, para enterrar seu pai. Os ossos haviam sido exumados de um cemitério na capital grega e colocados em uma caixa de metal, levada no avião. – G1 Mundo

5.3 – Cremação e a religião

Como comentamos, a Igreja Católica já chegou a proibir a cremação para seus fiéis e mudou seu posicionamento, mas a visão não é uma unanimidade. Mesmo hoje, o posicionamento da Igreja dá preferência ao enterro.

Em 2016, por exemplo, O G1 Mundo publicou sobre a decisão do Vaticano de instruir seus fiéis a não guardar cinzas de mortos em casa. Uma vez que a Igreja Católica prefere que os corpos sejam enterrados, ela orienta que se a cremação for escolhida, as cinzas devem ficar em cemitérios.

“A Igreja recomenda insistentemente que os corpos dos falecidos sejam enterrados em cemitérios ou outros locais sagrados”, porque isso mostra dignidade e respeito pelo corpo humano, afirmou o documento, aprovado pelo Papa Francisco – G1 Mundo

O islamismo, candomblé e judaísmo ainda são contra a cremação, pois acreditam que o corpo deve retornar à terra.

Por outro lado, o budismo e o hinduísmo veem a cremação como obrigação, pois acreditam que assim a alma é purificada e libertada do corpo.

O espiritismo impõe que se espere entre dois e três dias para realizar a cremação para que o espírito se desvincule do corpo físico e desencarne.

5.4 – 7 Coisas que acontecem quando um corpo é cremado

  1. Retirada de todos os materiais metálicos para que não haja nenhuma explosão. Se a pessoa tiver marca-passos, ele deve ser retirado antes da cremação.
  2. Alta temperatura: é necessário, pelo menos, 700ºC para que o corpo seja desintegrado totalmente. Por isso, a porta da câmara só é aberta no início e no fim do processo.
  3. Ordem de incineração: o corpo é colocado no forno dentro do caixão, que é o primeiro a ser queimado. Depois, a incineração do corpo começa pelo cabelo e pele, em seguida, músculos e tecidos e, por último, os ossos.
  4. Após a cremação, o restos são resfriado para retirar materiais metálicos que podem ter sobrado.
  5. Após a cremação, os ossos que não viraram pós são triturados até se tornarem pequenos fragmentos, como grãos de areia.
  6. Por último, esse pó é colocado em uma máquina com lâminas para ser pulverizado. Com cerca de 3,5% do peso do copo original, as cinzas são entregues à família.
  7. Perda de DNA: após a cremação, o DNA do corpo é perdido total e permanentemente.

5.5 – Conheça a youtuber funerária, Caitlin Doughty

youtuber funerária Caitlin Doughty

Caitlin Doughty nasceu na ilha havaiana O’ahu e começou a trabalhar em um crematório com 22 anos. Ela se tornou um sucesso no Youtube, mas sua experiência como agente funerária rendeu mais do que vídeos. Ela também é autora de livros sobre a indústria da morte, sob uma perspectiva científica, instigante, animada e otimista.

Seu canal no Youtube Ask a Mortician (pergunte a um agente funerário) começou em 2011, quando Caitlin já era uma agente funerária licenciada há quatro anos. Nos vídeos, ela fala sobre curiosidades sobre a morte, como tradições ao redor do mundo, luto, arte fúnebre, rotina do necrotério, bem como detalhes sobre o processo biológico de decomposição. Além disso, esclarece diversas dúvidas sobre processos funerários.

6 – Cremação: prática sustentável e favorável ao meio ambiente

No tópico sustentabilidade, o cemitério vertical e a cremação têm algo em comum: não contaminam os lençóis freáticos.

A conservação ambiental se torna cada vez mais urgente e todos devemos fazer escolhas inteligentes para cooperar com essa prática, pois se trata de uma responsabilidade individual e coletiva.

Além disso, já parou para pensar no espaço que o sepultamento ocupa? Cemitério vertical também auxilia nesse quesito, mas a cremação é ainda mais eficiente. Como vimos, os países com pouca extensão têm preferência pela cremação.

Além do formato vertical e da cremação, o Metropolitano adota diversas outras práticas sustentáveis, confira algumas delas:

  • troca de filtros nos prazos corretos;
  • coleta de material orgânico por empresa especializada;
  • uso de ecogranito para o fechamento dos lóculos;
  • lixeiras para coleta seletiva;
  • redução na quantidade de produtos químicos utilizados na limpeza;
  • criação de espaços verdes, redução de aproximadamente 73% de impressões com implantação de serviços e documentação digitais;

Além dessas ações já colocadas em prática, há projetos futuros. Como, em breve, a ampliação dos espaços verdes, implementação do reuso de água da chuva, reciclagem das ceras de velas e reduzir mais de 90% das impressões em papel.

7 – Brasileiros famosos que foram cremados

Você sabia que muitos famosos escolheram a cremação? Nós separamos alguns para você conferir, olha só:

  • Renato Russo
  • Lúcio Mauro
  • Jorge Fernando
  • Raul Cortez
  • Nelson Xavier
  • Paulo Silvino
  • Betty Lago

8 – Quando optar pela cremação?

Você sabia que pode contar com a cremação preventiva? Aqui no Metropolitano, oferecemos condições especiais de pagamento para famílias que contratam o serviço de cremação de forma preventiva. Isso é, antes que ocorra a morte.

Essa prática de prevenção permite que a pessoa escolha sua despedida como preferir, seja cremação ou sepultamento. Além de, claro, a vantagem de economizar com o serviço. Por isso, além de providenciar uma Declaração de Vontade, comece a pesquisar crematório em São Vicente, Santos, Praia Grande e região da Baixada Santista. Temos certeza que, no fim, você vai identificar o melhor custo-benefício aqui no Metropolitano.

Por isso, você pode optar pela cremação em qualquer momento, não precisa esperar atingir uma idade avançada ou ter alguma doença para contratar um serviço essencial e preventivo.

Se você é a pessoa mais nova da família e sabe que diante da perda de seus entes, como pais ou marido, a responsabilidade é sua, comece agora a se planejar financeiramente para a ocasião. Acredite, evitar que essa decisão seja tomada no momento da perda é um alívio para você seus familiares. Por isso, cuide de você e de quem você ama com um plano preventivo de cremação ou sepultamento.

Crematório na Baixada Santista: conheças as vantagens do Metropolitano

Se você chegou até aqui e quer saber como contar com a cremação preventiva, não apenas com o serviço em caso de urgência, nós podemos te ajudar! Mande mensagem através do WhatsApp, pelo telefone (13) 3467-4864 | (13) 9966-14644 ou mande uma mensagem aqui mesmo no site. Estamos prontos para melhor atender você e tirar suas dúvidas!

Aqui no Cemitério Metropolitano, o cerimonial de cremação é realizado no Salão Roma e ainda há a opção de escolher pelo velório online, em que é possível aproximar familiares e amigos que estejam longe e não consigam chegar a tempo da despedida.

Somos a melhor opção para você oferecer uma despedida tranquila para quem partiu. Possuímos a melhor infraestrutura com o melhor preço da região, conforto e garantia de segurança.

Nossas salas de velório possuem a opção de velório online, em que familiares podem se fazer presentes mesmo de longe.

Além disso, possuímos planos de pagamento acessíveis, sempre incentivamos as pessoas a se planejarem para o momento da despedida que, afinal, é inevitável, mas pode ocorrer de maneira mais tranquila para os familiares.

Com planejamento, é possível facilitar a burocracia, passando com mais calma pelo momento do luto, assim como diminuir o valor das despesas e ainda respeitar os desejos de quem se foi.

Publicado em 11/09/2020 – atualizado 06/09/2021


O Cemitério Metropolitano é um cemitério vertical localizado em São Vicente/SP, que oferece assistência e plano funerário. Utilizando técnicas modernas para a minimização de impactos ambientais, com suas instalações e lóculos. Possui crematório, salas para velório, ossuários e realiza cerimonial de cremação, para quem deseja prestar sua última homenagem.

Categoria: Cremação

Acompanhe no Instagram!

WhatsApp
WhatsApp